Encontro internacional sobre direitos dos idosos discute estratégias contra violência

Posted on 04/10/2013

1


O 3º Encontro Ibero-Americano sobre Direitos Humanos das Pessoas Idosas discutiu hoje (2), último dia de funcionamento, ações estratégicas para enfrentamento da violência às pessoas da faixa etária. Segundo Cecília Minayo, doutora em saúde publica pela Fundação Oswaldo Cruz, 10% da violência social são contra os idosos.

De acordo com Cecília Minayo, os idosos são afetados pela violência social que menospreza e isola os idosos; pela violência institucional que se manifesta, sobretudo, nos atendimentos a pessoas idosas em postos de saúde; pela escassez ou ausência de equipamentos públicos para a faixa etária; e pela violência familiar.

Cerca de 90% da violência cometida contra idosos no país ocorrem no âmbito domésticos e 70% são provocados por filhos das vítimas, sendo 60% por homens. Segundo Cecília Minayo, “as maiores vítimas são os idosos que têm renda, porque muitas vezes os filhos usufruem dessa renda; e depois vêm os idosos que não têm renda, porque eles se tornam um peso para os filhos”.

O Brasil tem hoje 23 milhões de idosos. Nos últimos dez anos, a população de 60 anos cresceu 21,6%; para quem tem 80 anos, houve crescimento de 47,8%. Na Região Sul, esse aumento chegou a 65%. Cerca de 53% são responsáveis por manter a renda familiar, mas no Nordeste a quantidade chega a 63,5%. Desses, 84% recebem aposentadoria.

Posted in: Uncategorized